terça-feira, 29 de março de 2011

Mesinha de Cabeceira #7

de 29 março 2011




Hoje trago: 
«O Nosso Tesouro Escondido - Amor Sentido» 
de Mina Viana


No próximo sábado, dia 2 de Abril, comemora-se o Dia Internacional para a Consciencialização do Autismo. Não é um vulgar dia de comemoração. Destina-se a consciencializar a comunidade em que vivemos que esta perturbação de comportamento existe, aliás, só assim faria sentido. Existem várias comemorações a decorrer no dia 2, sendo as com maior visibilidade os edifícios públicos que acendem as luzes em tons de azul. Empire State Building já o faz há 4 anos, as Cataratas de Niagara, o Cristo Redentor no Rio e por cá conseguimos dois pontos de destaque: A Torre dos Clérigos e o Cristo Rei.
E porque é tão importante consciencializar a comunidade? Porque é uma perturbação que passa despercebida a um primeiro olhar e porque as acções e reacções dos portadores dentro do espectro do autismo não serem facilmente entendidos.
Este livro que vos trago hoje é um bonito e sentido relato na primeira pessoa de uma Mãe de um jovem adulto com Síndrome de Asperger. Da sua vivência, como a sua vida se transformou com o nascimento deste filho querido e do tanto que tem feito para lhe dar o melhor. O mesmo que cada mãe deseja para um filho, é certo. Com as famílias com um elemento com autismo ou Asperger as experiências são vivenciadas ao limite das forças e da coragem. E ainda assim estas famílias conseguem superar todas as adversidades.
A forma de um autista ou Asperger entender o mundo é peculiar, por isso desconcertante, e torna os portadores do espectro pessoas “estranhas”. A meu ver não o são. Porque os observo, os conheço, me deixo embrenhar na sua diferente forma de ver este mundo e quantas vezes chego à conclusão que não só o vêem com mais cores do que nós – os ditos normais – como me deixo encantar com uma descrição de uma realidade que nunca parei para pensar e ver com essa clareza.
Ao ler estas palavras do Bruno, o filho da autora, este raciocínio tão brutalmente literal, ajudou-me a entender todo a elaboração mental que naturalmente fazem para explicar algo de tão simples, e de tão simples, conseguimos chegar ao entendimento do que parece apenas irracional, esquivo e tonto.


«Lá diz o ditado "mais vale tarde que nunca", é muito difícil chegar a horas ao emprego porque há muito trânsito, mesmo saindo de casa para ir para o trabalho cerca de duas horas antes da hora de entrada no emprego com o trânsito completamente parado se chega atrasado.
Na cidade do Porto, a ponte do Freixo é sempre uma boa opção para quem quer sair da cidade do Porto em direcção a Sul, raramente tem muito trânsito. Quem utiliza os transportes públicos para ir para o emprego também muitas vezes chega atrasado porque perde o transporte e tem de esperar por outro alguns minutos... Mas como o provérbio diz "mais vale tarde que nunca", podemos chegar atrasados ao emprego. Se quem chegasse atrasado ao emprego fosse despedido, então quase toda a gente tinha ido para o olho da rua. Mas como o provérbio diz: "mais vale tarde que nunca". É melhor chegarmos tarde ao emprego.
Não é engano é melhor todos chegarmos atrasados ao emprego. É que se formos a horas para o emprego, os terroristas como sabem que as pessoas entram no emprego aquelas horas locais, foi o que aconteceu em Nova Iorque no dia 11 de Setembro de 2001 e em Madrid no dia 11 de Março de 2004 e em Londres no dia 7 de Julho de 2005, onde eles atacaram essas cidades àquelas horas e se chegássemos atrasados estávamos salvos porque a essa hora as bombas já rebentaram e continuávamos vivos que é o mais importante de tudo.
Conclusão: Se chegarmos a horas nunca chegaremos, porque antes de lá chegarmos somos mortos por terroristas. Por isso "mais vale tarde que nunca".»

por Bruno Viana in "O Nosso Tesouro Escondido - Amor Sentido" de Mina Viana



3 comentários:

Ana disse...

ADOREI!!!!!!

Zé João disse...

Gostei. Muito. beijos

Mina disse...

Lool eu gostei a dobrar:-)))
E não saie da minha mesa de cabeçeira:-)))
Bjinhos e obrigada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...