sábado, 17 de janeiro de 2015

Mamã

32 anos hoje. 
Saudade sim. Do que não vivemos. Do que não viste. Tens quatro netos, sabias? Desconfio que sim. Eu senti-te por perto, tantas, muitas vezes.
Trinta anos, demorei a fazer o luto. Demoraste em mim. Só foste quando me sentiste bem. Obrigada por teres ficado quando perdi o fulgor.
Sabes? Sabes. Amo-te.
Até depois.




Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...