Bio

“Ao Km 32”, é o título da nova obra da escritora Ana Martins.  

Ana Martins é uma escritora que nos seus livros aborda temas fracturantes com um olhar profundo e diferente, tornando-se uma referência. Lida, estudada e encenada, com todas as suas edições esgotadas. 

“Ao Km 32” tem a contribuição no prefácio do escritor e live coaching José Micard Teixeira e na capa do artista plástico Pedro Mourão Lapa. 

Com este novo romance, “Ao km 32”, a autora traz-nos uma visão diferente sobre o drama dos refugiados sírios, dando-lhes voz, contando paralelamente a esta longa maratona uma verdade que se silencia. 

E se, por um engano, toda a sua vida for alterada? Quando o amor feliz de Hala e Wael é marcado pela dor da separação abrupta em tempo de guerra, é a esperança que os move e faz acreditar. A travessia pela paz até à liberdade de tantos refugiados, vidas ficcionadas pela autora colocadas em cenários concretos e reais repletas de momentos inesperados nas piores adversidades, conduz as personagens deste romance por um ciclo infindável de retorno positivo a actos diários e rotineiros. Ao Km 32 é um trabalho repleto de investigação que presenteia o leitor com a imaginação e o olhar peculiar da autora. É, acima de tudo, uma história com muito amor: é através do sentir absoluto de Hala e Wael que a autora nos conta a guerra, tira-nos o fôlego numa criativa maratona de emoções até ao desfecho, traz-nos um romance apaixonado que começa e termina com a mesma palavra: AMOR! 

Dos seus livros anteriores destacamos “Evo (ou amar para sempre)” que oferece uma leitura apaixonante sobre a influência do primeiro grande amor, em “Mal me Quero” é através do formato de pequenos contos que viaja sobre as vertentes da violência doméstica, ou em “Autista, quem…? Eu” faz um mapeamento de como interpretar e viver com a diferença e a deficiência. Ana é também conferencista, destacando-se em especial os inúmeros convites para palestras nas escolas com a temática da violência no namoro e autismo.




(Uma frase deste poema de Djavan define Ana Martins)
clique para ver e ouvir Djavan
Djavan - Linha do Equador



Curiosamente, é muito mais tarde, na escolha da foto para a capa do seu último livro EVO (igualmente autoria de uma das eleitas do desafio, Bárbara Remexido Carvalhal), que fecha um ciclo, ao encontrar por fim "a sua imagem" perfeita a seus olhos de:
clique para ouvir os Neruda

Neruda - Canta, Dança, Actua só para mim


(também este poema de Pablo Banazol descreve Ana Martins)


 

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...